LETRAS DO TREM - AS MÚSICAS DO TREM DA ALEGRIA - DISCOGRAFIA COMENTADA DISCO POR DISCO, LETRA POR LETRA

30/04/2008

1985 - Trem da Alegria


Agora sim, o Trem da Alegria começa sua trajetória.

Sobre o nome:

No bom sentido, a expressão "trem da alegria" foi criação do compositor Lamartine Babo. Ele criou em 1942, na Rádio Nacional, o programa Trem da Alegria, onde apresentou o Trio de Osso, integrado por Heber de Bôscoli, Iara Sales e por ele mesmo. O programa tornou-se um dos mais famosos do Brasil e passou por diversas emissoras de Rádio, mantendo-se no ar até 1955. Lá foram executados pela primeira vez os famosos hinos de clubes de futebol do Rio compostos por Lamartine. Esse programa chegou à televisão pela TV Rio, em 1956.

No mau sentido, a expressão “trem da alegria” surgiu quando o Presidente da República João Linhares, que assumiu o cargo interinamente após a deposição de Getúlio Vargas em 1946, estatizou e indenizou a Great Western of Brazil Railway Company Limited, uma companhia inglesa de estradas de ferro, por aqui conhecida como "Greitueste". A estatização da empresa para a criação da Rede Ferroviária Federal S.A., foi considerada um mal negócio ao Brasil e deixaram os ingleses rindo à toa, pois ganharam bastante dinheiro na jogada. Vem daí o termo, que se tornou sinônimo da gastança, dos desmandos políticos e da corrupção.

Agora falemos do NOSSO Trem da Alegria.

Com o tremendo sucesso do LP Clube da Criança lançado em 1984, os produtores da gravadora RCA Victor resolveram dar continuidade, formando um grupo musical infantil. Para isso, trouxeram mais um talento mirim para juntar-se à dupla Patrícia e Luciano. Era o irriquieto Juninho Bill, quatro anos mais novo que os outros dois. Um peste que ninguém conseguia segurar no lugar, nem Silvio Santos, quando o Trem aparecia em seu programa dominical. Formou-se um trio, e deu-se o nome de Trem da Alegria.

O LP lançado em 1985 tem 15 faixas, sendo que a última faixa é uma versão karaokê da primeira, o mega-hit Uni Duni Tê, primeira música de trabalho do Trem. A segunda faixa é outro clássico: Dona Felicidade. O Menudo canta uma versão de seu sucesso Coqui em português: era um intercâmbio necessário, pois o Trem da Alegria abria os shows do Menudo no Brasil, e, assim como o Absyntho com o Meu Ursinho Blau Blau no ano anterior, ajudaria a puxar as vendas do disco. Uma forma de divulgação tanto para o Trem como para os portoriquenhos, carros-chefes infanto-juvenis da gravadora RCA Victor.




Além do Menudo, partciparam do disco outros artistas importantes do cast da RCA Victor: Gal Costa, Moreno Veloso, Fevers e, repetindo a participação que fizeram no LP Clube da Criança, Xuxa, palhaço Carequinha e Pelé (mais uma vez atacando de cantor e compositor, como já havia feito no LP Clube da Criança). E não podemos esquecer de Lucinha Lins, artista cedida pela Polygram.

É o único disco do Trem em que há versões de músicas estrangeiras: Lili e Coqui.

O material encartado no disco era bastante interessante: além de um folheto com as letras das músicas, quem comprava o disco ganhava um jogo da memória com as crianças e os artistas convidados, e um cupom para concorrer a uma viagem ao Porto Rico com o Menudo.

CONCURSO DO MENUDO

"O Trem da Alegria vai levar você a Porto Rico para um final de semana com o Menudo".

Bastava responder o que era o Coqui e desenhar um trem da alegria. entre os acertadores da pergunta, seriam selecionados os dez melhores desenhos. O primeiro colocado ganhou um fim de semana com o Menudo em Porto Rico, com direito a acompanhante, hospedagem e passagens de ida e volta para San Juan. O segundo lugar teve direito a um Atari (mais interessante do que a viagem, ao meu ver), o terceiro lugar levou uma bicicleta e do quarto ao décimo, faturaram coleções de discos do Menudo.



A promoção acabou em em 30 de junho de 1985. Numa nova prensagem do disco, posterior, saiu uma nova capa do LP, sem referência à premiação, e com o texto no rodapé direito grifado em amarelo, como se fosse um marca texto, compreendendo o espaço no qual estavam as informações sobre a promoção.



PRIMEIROS SHOWS DO TREM


A foto acima mostra um show do Trem realizado no Barra Shopping, no Rio de Janeiro, logo no início da divulgação do primeiro disco. Esse show contava as histórias de três contos infantis: Peter Pan, O Gato de Botas e Chapeuzinho Vermelho. "O show era muito engraçado e as histórias se misturavam. No decorrer do espetáculo, incluindo adereços e textos que combinavam com as músicas apresentadas no primeiro disco, o show tinha a magia contagiante e uma repercussão que contribuiu para o sucesso do Trem." - texto e foto: Luciano Nassyn

Luciano, Patrícia e Juninho nos bastidores do Cassino do Chacrinha da TV Globo, gravado no Teatro Fênix, Rio de Janeiro. Atrás deles estão o Michael Sullivan e a Elke Maravilha


No mais, dispensa apresentações. Este disco é um clássico absoluto.

MÚSICAS DE TRABALHO
Uni Duni Tê e Dona Felicidade
Uni Duni Tê ganhou videoclipe gravado em estúdio e Dona Felicidade ganhou videoclipe gravado num trem maria-fumaça, ambos para o Fantástico.

FICHA TÉCNICA


Direção Artística: Miguel Plopschi
Direção de Produção: Guti
Produção Executiva: Michael Sullivan
Produção Executiva: Miguel Plopschi (Coqui)
Produção Executiva: Mariozinho Rocha (Lili)
Colocação de Voz: Carlos Colla (Menudo - Coqui)
Arranjos e Regências: Lincoln Olivetti e Luiz Avelar (Lili)
Fotos: Isabel Garcia, Fernando Seixas, Marisa Alvares de Lima, Algeu B. Cairolli, André Papi
Capa: Noguchi

Agradecimentos especiais a Edgardo Diaz, pela cooperação, orientação e carinho durante a gravação da música Coqui, interpretada por Menudo.

Contatos para shows: (021) 274-6902 - Trem da Alegria Produções

Vendagem: 500.000 (Disco de Platina Duplo)

Meus exemplares:
LP da 1ª tiragem, com todos os encartes (cupom da promoção do Menudo, jogo da memória e letras das músicas) - ótimo estado geral. Contra capa com anotações a caneta... R$ 15,00 num sebo da galeria da R. Vinte e Quatro de Maio, 188, Centro de São Paulo. Não lembro em qual sebo, creio ter sido no Ventania.
LP da 2ª tiragem (com a capa pós-promoção do Menudo e apenas as letras das músicas como encarte) - bom estado, encarte um pouco amassado. R$ 2,00 no Sebo Alternativa da R. Líbero Badaró, Centro de São Paulo.

8 comentários:

  1. Olá, eu me lembro muito bem dessa promoção sobre o Menudo e sua "famosa" canção entitulada coqui.

    Fiquei um tempão querendo saber o que raios era esse tal de coqui, ficava ouvindo a (desculpe o termo) péssima música, pra ver se me dava uma luz, mas só há poucas semanas fui descobrir o que é.

    Trata-se de uma perereca. Isso aí, perereca. Entra no site do wikipédia para confirmar. Essa perereca é símbolo não oficial de Porto Rico e faz um som parecido com "co-qui".

    ResponderExcluir
  2. Perfeito!Adorei saber das informações desse album que foi lançado no ano em que eu nasci!Infelizmente só tenho ele em mp3 mais vou comprá-lo logo,logo eu espero.O blog foi impecável não deixou escapolir informações,destaque para a amostra dos encartes e a vendagem do disco,que foi muito boa por sinal...aguardo anciosamente Reviews e informações dos próximos discos.Parabéns pela competência Hamilton.Abraço.

    ResponderExcluir
  3. a outra pessoa na foto com os meninos é o vocalista naquela época dos Fevers... esqueci o nome dele

    Parabens pelo site, ótimo e bem detalhado!

    ResponderExcluir
  4. Amigo,
    não tenho palavras pra descrever o que você construiu com este site. Você tem idéia de quantas memórias legais você resgatou e de quanto você fez importante um momento que pra alguns não é nada! Quando a gente navega por este blog faz uma viagem no tempo e recorda de quanto o Trem foi especial em nossas vidas. Não há nenhum site, comunidade ou bloq e nada na internet que tenha a riqueza de detalhes e dedicação que você depositou neste site. Muito obrigado! Só fico um pouco com "gosto de quero mais" por estar faltando a discografia comentada de 1988, 1989, 1990, 1991 e 1992. Mas independente disso, muito obrigado, novamente! - Luiz Fernando (lfpinguim@yahoo.com.br)

    ResponderExcluir
  5. Bastante interessante o conteúdo deste blog. Estou fazendo uma pesquisa sobre festa, música e anos 80, e através deste canal estou resgatando muitas informações. Aproveito para convidar os criadores deste espaço bem como todos os visitantes a contribuirem com a minha pesquisa.Obrigada!
    Diana Casto Melo
    pesquisa_adorofesta@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Lacerda gostei muitíssimo de rever aqueles que me prendiam enfrente a televisão e que enchiam os meus olhos de alegria, além de me impedirem de ter que me envolver com pessoas que não prestavam na minha época.Pois era um grande motivo para não vivermos nas ruas sem ter o que fazer.Era uma época ótima.Um abraços pra todos que fizeram parte do Trem da Alegria, independentemente das épocas e fazes do grupo.Tchau.

    ResponderExcluir
  7. Adorei rever o trem da alegria, que fez parte da minha infância. Eu adorava as músicas e principalmente a patrícia. A gente dessa época, não conseguia sair de frente da televisão quando eles passavam.

    Um abraço a todos que curtiram trem da alegria e ao pessoal do trem da alegria.

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho o disco da primeira tiragem. E o cupom está intacto.!

    ResponderExcluir

NO AR: TREM DA ALEGRIA, UMA HISTÓRIA DE SUCESSO



CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS VÍDEOS DO TREM DA ALEGRIA DE NOSSO CANAL NO YOUTUBE

"Um abração e muito obrigado por essa iniciativa tão bela... esse resgate tão precioso em nossas vidas!!
Muito obrigado!!!"
LUCIANO NASSYN

"Poxa, que demais esse vídeo. Gostei bastante e matei saudade. Obrigado a todos!"
JUNINHO BILL
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...