LETRAS DO TREM - AS MÚSICAS DO TREM DA ALEGRIA - DISCOGRAFIA COMENTADA DISCO POR DISCO, LETRA POR LETRA

04/05/2008

UNI DUNI TÊ


01. UNI DUNI TÊ
Duração: 04:03
Compositores: Michael Sullivan e Paulo Massadas
Participação Especial: Fevers

Eu quis saber da minha estrela-guia
Onde andaria meu sonho encantado
Fada-madrinha, vara de condão
Esse meu coração sonhando acordado

Vai nos levar pr’um mundo de magia
Onde a fantasia vai entrar na dança
E quando o brilho do amor chegar
Quero é mais brincar, melhor é ser criança

(refrão 2x)
Uni, duni, duni tê, ô ô ô ô
Salamê mingüê, ô ô ô ô
Um sorvete colorê
Sonho encantado onde está você?

A carruagem vai seguir viagem
O Trem da Alegria vai pedir passagem
Na direção do amor que eu preciso
Do meu paraíso, doce paisagem

Vai nos levar pr’um mundo de magia
Onde a fantasia vai entrar na dança
E quando o brilho do amor chegar
Quero é mais brincar, eu quero ser criança

(refrão)

COMENTÁRIOS

Precisa mesmo dizer algo? Este ultra-sucesso do cancioneiro infantil transcendeu gerações e é conhecido até pelas crianças de hoje. Foi regravado nos anos 90 pelas loirinhas Angélica e Mariane.

Aqui vemos Michael Sullivan e Paulo Massadas inspiradíssimos para bolar uma combinação perfeita de melodia animada e dançante e letra otimista e cheia de fantasias de criança. Sem dúvida, o Trem da Alegria não podia começar com uma música melhor.

A inspiração veio dos velhos versinhos infantis, que todo mundo conhece:
"uni, du, ni, tê,
salamê, minguê,
um sorvete colorê,
o escolhido foi você!"


A psicanalista Angela M. R. Vorcaro da PUC-SP explica o que significam esses versinhos. São perlongas, jogos que articulam ritmo e repetição:
"essas fórmulas infantis cantadas ou faladas plenas de elementos prosódicos cuja repetição está a serviço de apontar a criança que assumirá uma função particular num jogo. Nas perlongas, o palavreado é de rimas infantis de cinco ou seis sílabas que servem para divertir, memorizar ou designar o responsável por uma função. Perlonga é também uma demora capciosa, uma delonga. Trata-se de dilatar, adiar, mover-se paralelamente, ir em sentido paralelo, ao longo de alguma coisa."


Você pode ler o estudo acadêmico da pesquisadora, entitulado O Jogo ou o ponto de imbricação entre educação, psicanálise e lingüística, clicando aqui. É interessantíssimo. Ela analisa esses jogos lúdicos infantis nos quais "a criança opera um discurso lúdico/motor muito precocemente através dos jogos a que ela se submete, nos quais ela assume sentidos e posições, muito antes de ela dominar a língua".

Assim, a brincadeira do uni-duni-tê foi utlizada como se representasse todo o universo infantil. E deu certo.

The Fevers ou simplesmente Fevers é uma banda surgida em 1964, no auge da Jovem Guarda, e que existe até hoje, com o repertório pop-rock formado por baladinhas sessentistas e românticas oitentistas (inclusive aberturas de novelas). Miguel Plopschi, diretor da gravadora RCA Victor, fez parte da banda, e Michael Sullivan era um dos integrantes em 1985.

A participação da banda faz aqui o contraponto entre o ponto de vista infantil e o adulto, resumido pelos versos trocados nas estrofes: "Quero é mais brincar, melhor é ser criança" e "Quero é mais brincar, eu quero ser criança". Simples assim.

Apesar da presença de Juninho Bill no grupo, juntando-se a Patrícia e Luciano, as vozes ouvidas aqui são apenas de Luciano (voz principal) e Patrícia, além dos Fevers. Mas em apresentações ao vivo e na televisão, era utilizada uma gravação com a voz de Juninho Bill no lugar dos Fevers, que jamais foi lançada em discos.

Uni Duni Tê foi a primeira música de trabalho do grupo para a divulgação do disco Trem da Alegria do Clube da Criança. Nos programas de televisão, aparecia junto às crianças um sujeito fantasiado de maria-fumaça, dançando. As crianças não tinham uma coreografia determinada, e ficavam dançando e pulando à vontade pelo cenário.

Clube do Bolinha na TV Bandeirantes - 1985


Programa Barros de Alencar na TV Record - 1985


O hit foi eternizado em DVD para os oitentistas na Festa Ploc 1, na voz de Luciano (Nassyn) e no Acústico dos Fevers.

Apresentação no Cassino do Chacrinha da TV Globo



Apresentação no Mulheres em Desfile da TV Gazeta


Apresentação no programa Os Trapalhões


videoclipe exibido no Fantástico em 28/04/1985

10 comentários:

  1. Esse é o verdadeiro hino de infância. Clássico!
    Os solinhos de guitarra é show!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom te ver por aqui, Rick
    Apareça sempre!

    ResponderExcluir
  3. A que saudade, infelizmente esse tempo não volta mais, isso sim que foi uma infância feliz, não como é hoje... Valeuuu trem da alegria

    ResponderExcluir
  4. É como dizem, nunca mais haverá outro Ayrton Senna, outro rei Pelé, ou outro Trem da Alegria. São inesquecíveis e insubstituíveis. Pelo menos tenho eles aqui guardadinhos na minha lembrança e, graças a pessoas como você Hamilton, sinto novamente a emoção de estar pertinho dessas crianças lindas.

    ResponderExcluir
  5. Sou de 1986 e desde sempre fui fã da Xuxa e de quem estava perto dela. Engraçado que fui pesquisar sobre o Trem da Alegria e descobri que conhecia muuuuuitas músicas..hehehehe...Que tempo bom! Quando a gente era crianaça de verdade. Hj as crianças são criadas em meio à tanta violência e à sexualidade desenfreada. Tenho orgulho de ter sido uma criança ingênua e ter vivido essa época. EU TIVE INFÂNCIA! Muito emocionado aqui...

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Descobri esse Blog por acaso, logo agora em 2011, mas senti falta da introdução e comentários sobre o último LP do trem emq ue fazia parte o Juninho, Amanda e Rubinho esse último não foi citado aqui.
    Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Hamiltom. Devo elogiar o seu blog, o qual é de extrema criatividade e dedicação.

    Destarte, ao ver que você é tão fã do grupo, gostaria de lhe indagar se nunca passou por sua cabeça iniciar uma manifestação com assinaturas ou algo semelhante em busca de um DVD acoustico do Trem da Alegria.

    Com sua influência, se você divulgasse algo do gênero, creio que seria alcançado esse objetivo de tantos fãs, inclusive esse que vos escreve.

    ResponderExcluir
  8. Esqueceu de falar na regravação feita pelo mesmo grupo, só que na versão formada por Bárbara, João Augusto, Sayuri e Yago. O ano era 2002 e já acompanhei as apresentações em alguns programas de Tv como Eliana e Alegria (Record), Sabadão (SBT), Raul Gil (Record), Xuxa no Mundo da Imaginação (Globo), entre outros.

    ResponderExcluir
  9. é verdadeiro show a amanda lindinha.

    ResponderExcluir

NO AR: TREM DA ALEGRIA, UMA HISTÓRIA DE SUCESSO



CLIQUE AQUI E VEJA TODOS OS VÍDEOS DO TREM DA ALEGRIA DE NOSSO CANAL NO YOUTUBE

"Um abração e muito obrigado por essa iniciativa tão bela... esse resgate tão precioso em nossas vidas!!
Muito obrigado!!!"
LUCIANO NASSYN

"Poxa, que demais esse vídeo. Gostei bastante e matei saudade. Obrigado a todos!"
JUNINHO BILL
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...